Defesa de casal que agrediu babá e atirou em advogado diz que intenção era “só lesionar”

O caso aconteceu em agosto de 2023, em um condomínio na Ponta Negra.

Os advogados de Jussana Machado e Raimundo Nonato Monteiro, que foram flagrados agredindo uma babá e atirando contra um advogado, disseram que a intenção do casal afirmou que a intenção era “apenas lesionar”, e não matar as vítimas.

A afirmação foi dada um mês após o Ministério Público do Amazonas (MP-AM) solicitar que os suspeitos sejam julgados por júri popular.

Durante as alegações finais protocolada na sexta-feira (19), a defesa disse ainda, que não faltou chances para que o casal não matasse as vítimas, “o que eles somente não fizeram porque não queriam”.

“Se a intenção era homicida, a acusada não teria acertado uma coronada [na babá], teria atirado, mas não o fez, porque a intenção era de lesionar. A própria vítima reconheceu a ausência de intenção ao responder as perguntas do Juízo”, disse o advogado, Arthur Pontes.

caso aconteceu em agosto de 2023, em um condomínio na Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus.

Fonte: Redação Am Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *