Governo do Amazonas beneficia pescadores e piscicultores do Alto Solimões

Por meio da Sepror, foram repassados entrepostos de pescado, realizados cursos de capacitação e entregues de kits de análise de água

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), repassou, no último final de semana, dois entrepostos de pescado, localizados nos municípios de Tabatinga e Santo Antônio do Içá, para a Cooperativa Agropecuária dos Pescadores da Mesorregião do Amazonas (Coopeixe).

O secretário adjunto executivo de Pesca e Aquicultura da Sepror, Leocy Cutrim, afirma que os entrepostos estavam parados há mais de 16 anos, e que essa entrega para a Coopeixe vai beneficiar o pescador da ponta.

Fotos: Emerson Martins

“Essa entrega é um marco no Amazonas. O setor primário nunca foi tão valorizado, e após o serviço de inspeção aprovado pela Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), para vender o beneficiamento do pescado para os programas do Governo do Amazonas, vai levar economia para o município de Tabatinga”, disse Cutrim.

Santo Antônio do Içá – Na última segunda feira (31/08), além do repasse do entreposto de pescado, foram entregues 13 de kits de análise de água para os piscicultores que se inscreveram no edital de Chamamento Público disponível no site da Sepror.

Também foram ministrados cursos de qualificação de piscicultores, com foco em “Boas Práticas e Manejo da Piscicultura” e “Boas Práticas e Manipulação de Pescado com Retirada de Espinha”, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); e uma Oficina de Chipagem de Tambaqui, capacitando e certificando mais de 60 pescadores e piscicultores do município.

Fotos: Emerson Martins

Tabatinga – Entre as ações programadas no município, no último sábado (29/08), foram realizadas a entrega do caminhão frigorífico para a Coopeixe, 15 conjuntos de apoio a pesca ornamental, três kits de análise de água e três rádios amadores, e a prestação de apoio à regularização ambiental.

Segundo o coordenador da Coopeixe, Donizete do Carmo, o entreposto vai fornecer o gelo para os pescadores e posteriormente comprar o pescado deles.
“Será feita a compra do pescado, e o pescador, como associado, vai poder guardar esse pescado no frigorífico, agregando valor e fornecendo a estrutura para atendê-los. Com isso, quem ganha é o Alto Solimões”, destacou Donizete.

Apoio ao Crédito Rural – O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam), por meio da Gerência de Apoio à Aquicultura e Pesca, auxiliou pescadores e piscicultores dos municípios de Tabatinga, Benjamin Constant e Atalaia do Norte, no período de 24 a 29 de agosto, para acesso ao crédito rural. O auxílio vai subsidiar os projetos desses produtores junto à Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

Para ter acesso, basta aos pescadores e piscicultores interessados procurar a Unidade local do Idam de seu município, portando os documentos de identificação, comprovante de residência e a carteira de pescador (RGP) e o exercício da atividade pesqueira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *