Prefeitura de Manaus realiza visita para verificar abastecimento da merenda escolar em unidades de ensino da Semed

Gestores da Prefeitura de Manaus iniciaram esta semana uma série de visitas para verificar o abastecimento e a qualidade da merenda escolar em unidades de ensino da Secretaria Municipal de Educação (Semed). Diretores do Departamento Geral dos Distritos (DEGD), da Subsecretaria da Infraestrutura e Logística (Infralog) e chefia da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Norte da Semed participam da ação, que nesta quinta-feira, 7/10, ocorreu em cinco escolas da zona Norte da capital.

De acordo com o diretor do DEGD, Júnior Mar, a vistoria é uma orientação do prefeito de Manaus, David Almeida, e do secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino, para que todas as 510 escolas possam oferecer uma alimentação saudável aos mais de 250 mil alunos da rede municipal de ensino.

“É uma determinação do prefeito e do secretário que todas as escolas estejam abastecidas com alimentos para servir uma merenda escolar de qualidade, por isso iniciamos essa sequência de visitas nas escolas da rede municipal de educação. Estamos verificando os itens que têm em cada escola e que isso seja oferecido aos nossos alunos. Estamos muito felizes com o resultado, fizemos alguns alinhamentos para que o nosso serviço seja oferecido sempre da melhor forma”, disse Mar.

Segundo o diretor da Infralog, Mário Jorge de Paula, o depósito de merenda está abastecido com 39 toneladas de proteínas e mais de 50 toneladas de estivas em geral. “Semanalmente distribuímos merenda escolar para as 510 escolas, o que dá uma base de R$2 milhões. Nosso depósito está abastecido de alimentos como macarrão, arroz, leite, feijão, entre outros produtos da alimentação escolar”, pontuou Mário.

A escola municipal Gilberto Rodrigues, no conjunto Viver Melhor, que atende mais três mil alunos do 2º ao 9º ano do ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), está com o freezer, geladeiras e depósitos abastecidos. De acordo com a gestora Nilcilene Gouvêa, o cardápio da merenda é diversificado e servido conforme a quantidade de aluno.

“Graças a Deus nós estamos bem abastecidos, seguimos uma orientação de cardápio variado, com três refeições salgadas e duas doces durante a semana. Nosso freezer e depósitos estão cheios”, declarou a diretora.

A gestora Luciana Oliveira, da escola municipal Oyama Ituassu, no bairro Santa Etelvina, que atende a 1.478 alunos do 1º ao 9º ano, disse também que não tem nenhum problema com o abastecimento de merenda.

“Estamos muito satisfeitos com a quantidade que recebemos, conseguimos atender todos os nossos alunos, todos ficam satisfeitos com a quantidade e a variedade de alimentos”, ressaltou.

Rosimar Paiva, gestora da escola municipal Heleno Nogueira dos Santos, na Colônia Terra Nova, afirma que o cardápio é exposto para os pais ou responsáveis.

“Nós temos todo o cuidado com a alimentação das nossas crianças, diferenciamos a merenda daquelas que tem intolerância alimentar. Nosso cardápio é exposto, e todos os pais têm acesso ao que o filho come durante toda a semana, que toda sexta é modificado”, completou.

*Com informações da Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *