DIA NACIONAL DAS ARTES – ​Projetos da prefeitura valorizam os artistas manauenses

Uma das principais categorias afetadas pela pandemia do novo coronavírus, a classe artística, em especial a manauense, na gestão David Almeida, vem recebendo o apoio necessário, para se restabelecer no mercado artístico. Na data em que se comemora o Dia Nacional das Artes, nesta quinta-feira, 12/8, a Prefeitura de Manaus por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), destaca algumas ações de valorização da categoria, a principal delas o projeto “Qualifica Artista Manauara: o sucesso depende de você”.

A terceira edição do projeto – desenvolvido em parceria com a Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e o Conselho Municipal de Cultura (Concultura) – foi encerrada nesta quarta-feira, 11, com a certificação de 50 participantes.

O projeto tem como objetivo ofertar capacitação e qualificação profissional para todos os artistas residentes em Manaus, atuantes nos diversos segmentos da arte, a fim de impulsioná-los e despertá-los para o próprio sucesso, a partir de sua desenvoltura e destreza, favorecendo o engajamento profissional de sua carreira. Ele é voltado a artistas manauenses, que tenham a partir de 16 anos, com ensino fundamental completo.

“Temos que ressaltar a importância da arte para a economia e o turismo. Seguindo as orientações do prefeito David Almeida, estamos trabalhando para auxiliar a atividade artística e cultural com vários projetos, que com certeza trarão benefícios, tanto para os artistas quanto para a população manauense. Afora o Qualifica Artista Manauara, a prefeitura vem trabalhando em muitos projetos que irão auxiliar ainda mais a categoria, como o Casa de Praia, por exemplo”, observa o secretário da Semtepi, Radyr Júnior.

Participante da última edição do projeto Qualifica Artista Manauara, o músico e desenhista Vanderlei Barbosa Machado, destaca que o artista precisa aprimorar seus conhecimentos. Ainda segundo ele, a adversidade para alavancar os projetos é maior, devido ao aumento de acessos nas redes sociais e a exigência de criatividade no mercado de trabalho.

“Eu não tinha ideia de como divulgar meu trabalho no Instagram, mas com o curso eu aprendi muito sobre marketing. Foi ótimo!”, relata.

Vanderlei conta que passou por um problema de saúde, e mesmo assim, ele não vê obstáculos para seguir com a carreira e pretende crescer ainda mais com a nova forma de divulgar seu trabalho.

Feiras

As feiras de artesanato itinerantes realizadas por meio de parceria entre a Prefeitura de Manaus e algumas empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM), também viabilizaram a exposição e comercialização dos trabalhos confeccionados pelos artesãos cadastrados na Semtepi.

Desde abril, houve mais de 260 oportunidades de exposições e comercialização de produtos, e no mês de julho, o faturamento total dos artesãos foi de R$ 11.154.

— — —

Texto – Divulgação / Semtepi

Foto – Oliveira Júnior / Manauscult

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *